Tratamento da Piscina

Tratamento Físico
Envolve dois processos onde um complementa o outro, filtração e limpeza física. A filtração é muito importante para a saúde da piscina. A limpeza física é realizada através de acessórios (aspiradores, peneiras, escovas, mangueiras, etc). A remoção de folhas e outras sujeiras na área, em torno da piscina, também é necessário.

Aspirar filtrando: é o mais aconselhável, pois não há nenhum desperdício de água. Mas é bom lembrar que é necessário, sempre após a aspiração, retrolavar o filtro. Aspirar drenando: deve ser feito somente quando o fundo da piscina estiver muito sujo ou com produtos químicos que possam estragar a areia do filtro.

Filtração da água: responsável pela remoção de sujeiras e algas suspensas na água, ficando estas retidas na areia do filtro. O tempo de filtração vai depender da capacidade do motor (média de 6 a 8 horas diárias).
Aspiração: remoção da sujeira depositada no fundo da piscina. Efetuando manobras em registros do sistema de filtração, é possível fazer toda a água passar pelo aspirador levando com ela a sujeira que fica retida no filtro e retorna limpa para a piscina. Chamamos isto de, aspirar filtrando. Outra maneira de aspirar a água com a sujeira é jogar para o esgoto sem passar pelo filtro, conhecido como aspirar drenando. Existem no mercado vários modelos de aspiradores para se fazer este trabalho. Normalmente são realizadas 2 a 3 aspirações por semana ou de acordo com a necessidade.
Limpeza dos pré-filtros da bomba: realizar depois da aspiração para remover o material aspirado (folhas e outros) evitando o entupimento e dificultando o processo de filtração.
Limpeza do cesto da coadeira ou skimmer.
Limpeza das bordas: remover o excesso da sujeira com esponja e retirá-la num balde com água.
Peneiração e escovação: Deve ser feita para retirar sujeiras e possíveis manchas das paredes da piscina e para retirar materiais sólidos tanto da superfície como do fundo.
Limpeza da areia do filtro: remoção da sujeira retida na areia do filtro.